Dirani é 4º em sua estréia na StockCar

  • By Danilo Dirani
  • 17 Mar, 2016

A bordo do carro #29, paulista divide carro com Daniel Serrai e chega em quarto lugar na abertura em Curitiba

Que sufoco! Última volta, você olha no retrovisor e enxerga um colorido de cinco carros se mexendo de um lado para o outro para tomar sua posição. Foi exatamente essa a encrenca que Danilo Dirani teve de enfrentar na parte final da corrida de duplas, que abriu a temporada da Stock Car no último dia 6 em Curitiba. Dirani aguentou a pressão e cruzou a linha de chegada em quarto lugar, garantido quatro preciosos pontos para Daniel Serra no campeonato.

Os pilotos titulares tiveram a responsabilidade de largar. Serrinha fez boa corrida desde o começo, mantendo um pezinho na briga pelos poucos pontos distribuídos na etapa (só os seis primeiros pontuaram). Ele parou para a troca de pilotos na 23ª volta (de 46 completadas), junto com os líderes. Aí, Dirani assumiu o volante e imprimiu um ritmo forte até o final.

“A gente sai de Curitiba cumprindo um objetivo, que era pontuar. Não foi fácil, mas o Danilo [Dirani] foi muito bem no final. Ele fez uma corrida muito consistente e sem erros, isso ajudou muito. Agora, vamos para o Velopark carregando esses pontos e começando a pensar no campeonato”, afirmou Daniel Serra, que se despede do autódromo da capital paranaense ostentando a marca de maior vencedor da pista entre os pilotos em atividade na Stock Car, feito dividido com Ricardo Maurício (quatro vitórias).

“Eu sabia que a responsabilidade era grande, mas terminar essa corrida com cinco carros atrás de mim, tentando roubar esses pontos, foi demais! Me diverti bastante e estou feliz mesmo de ter ajudado o Serrinha. Foi a minha estreia na Stock Car e esse é um fim de semana que eu vou guardar com muito carinho”, destacou Dirani.


Foto: Bruno Terena

By Danilo Dirani 22 Aug, 2016

Para quem acompanha automobilismo, o piloto Danilo Dirani, com mais de 25 anos vivenciando corridas desde o kart, até a Fórmula Truck, passará a escrever para o site www.carrosecorridas.com.br , contando como é viver o dia-a-dia de automobilismo.

Em sua rede social, o piloto disse:

"Ae pessoal que curte automobilismo, hoje estreia minha nova coluna no site Carros&Corridas, do amigo  Robério Lessa  .
Lá vou passar o dia a dia de quem vive 24x7, o mundo das corridas, tanto na parte de piloto, como na parte de driver coach e management.

Algo diferente, mas que vai ser divertido e bacana compartilhar com quem tem  ‪#‎gasolanaveia‬ ."

By Danilo Dirani 22 Aug, 2016
2016 vem sendo um ano diferente para o piloto Danilo Dirani, que desde que voltou de sua carreira na Europa, nas categorias de fórmulas, em 2006, se dedicou ao kartismo, na categoria Shifter, dos karts de marcha.
Dirani sempre um dos principais candidatos a vitória em qualquer corrida da categoria no país, este ano se dedicou maior parte do seu tempo, ao trabalho de Driver Coach para os pilotos Matheus Leist (F3 Inlgesa), Matheus Iorio e Guilherme Samaia (F3 Brasil) e Giuliano Raucci (F4 Italiana). Com isso, o piloto paulista de 33 anos, teve pouco tempo para desenvolver seu novo equipamento TechSpeed.

"Uma temporada atípica para mim, pois sempre me dediquei ao Kart, pois é minha maior paixão, mas este ano treinei e corri muito pouco. Ainda mais tendo um equipamento novo, o chassis Techspeed, que é um chassis muito bom, porém diferente no acerto, se comparado aos outros que corri nos últimos anos." Diz Dirani.

"Hoje, qualquer categoria de corridas, é competitiva e precisa de dedicação. em 2016 consigo contar nos dedos as vezes em que fui treinar. Mas é parte de um processo novo que vivo, focado nos pilotos que assessoro, nova geração e que posso somar muito no desenvolvimento da carreira profissional deles." Completou.

Dirani conseguiu uma vitória em uma das baterias classificatórias e terminou o campeonato na 3ª colocação, seguindo Gaetano Di Mauro (Techspeed-TM) e Gabriel Dias (CRG-TM).

"No final, subir ao pódio sempre é muito bom, mas sempre fica um gosto de que poderia ter feito mais. Tanto na parte de chassis, de motor e pessoal. Mas ajudei a marca IAME a estar entre as principais na categoria." Finalizou o piloto que tem apoio da Techspeed, IAME, MG pneus, Bell, Nuty Bavarian.
By Danilo Dirani 22 Aug, 2016
O retorno da RZ Motorsport, ao grid da maior categoria do automobilismo do Brasil, trouxe ao time paranaense uma jovem dupla, na sexta etapa de Cascavel (PR) - o estreante Danilo Dirani e Cesar Ramos, que fez as duas primeiras etapas do ano pela equipe.

O final de semana encerrou com saldo positivo com Dirani impondo um ótimo ritmo e mesmo com um pneu furado, onde foi forçado a entrar no box, chegou na décima quarta colocação e somou seus primeiros pontos na estreia. "Hoje foi realmente a verdadeira estreia, onde a equipe trabalhou muito bem. Acho que é importante essa sinergia. Eu gosto de me sentir bem onde eu estou, e aqui na RZ senti isso. Tivemos um probleminha no amortecedor que eu acho que já trouxemos da classificação e, ainda, bem que descobrimos no warmup. Logo na largada já vi que o carro era outro e os tempos eram parecidos com o dos ponteiros. Foi muito bom conseguir marcar alguns pontos na primeira corrida. Optamos por parar na corrida 2, mas mesmo parando com o pneu furado na primeira corrida, saimos na frente dos que pararam. O ritmo era muito bom e isso dá um ânimo ainda maior para seguir nas próximas etapas", avaliou Dirani.

A dupla dos carros #56 e #11 apresentou um ótimo ritmo durante todo o final de semana, durante os treinos, onde infelizmente, Ramos sofreu com uma quebra que tirou suas chances na etapa. "Foi uma pena a quebra, pois nem larguei na primeira corrida. Espero estarmos ainda mais fortes em Interlagos, para buscarmos um bom resultado", lamentou.

A Stock Car retorna as pistas no dia 11 de setembro, em Interlagos, na badalada Corrida do Milhão.
By Danilo Dirani 22 Aug, 2016
A RZ Motorsport retorna ao grid da Stock Car, na sexta etapa do campeonato, em Cascavel, neste final de semana (17), e vem com novidades no comando dos seus carros. Ambos com destaque internacional. Cesar Ramos, que disputou as duas primeiras etapas pela equipe volta ao comando do carro #11 e Danilo Dirani é o mais novo reforço do time paranaense. 

"Estou muito feliz com a notícia e empolgado em retomarmos um trabalho, que iniciou muito bem. Tive um ótimo entrosamento com a equipe desde a primeira etapa desse ano e tenho certeza, que juntos poderemos reverter esse bom trabalho, também em bons resultados na pista", destacou Ramos, de 26 anos, que possui um extenso currículo internacional, com destaque para o campeonato da F3 italiana, a World Series e o FIA GT, o campeonato mundial de Gran Turismo.

Dirani, de 33 anos fará sua estreia na Stock Car. Com 25 anos de carreira, o paulista acumula vários títulos no kart, o campeonato da Fórmula 3 Sul-americana, com passagens pela Fórmula 3 Inglesa, Fórmula Atlantic nos EUA, além de ter testado na GP2 e na World Series, tendo participado do programa de jovens pilotos da BAR Honda na F1. Ele também comemorou o acordo com a tradicional equipe sediada em Curitiba. 

"Essa oportunidade que surgiu em disputar a Stock Car com a RZ me deixa muito contente. Sei que é um time muito bom, que nas últimas vezes que esteve na pista teve resultados bons, principalmente, com o Cesinha (Cesar Ramos). Essa será a primeira vez que eu irei guiar por uma equipe oficialmente. Corri a primeira etapa como convidado do Serrinha (Daniel Serra), mas é diferente. Você chega em uma equipe, onde o carro é do piloto oficial, não é o teu carro, não está com sua energia ali", explicou.

"É minha estreia com uma equipe e um carro, que posso dizer que serão minhas. Eu que vim nos últimos anos correndo no Brasil, na Fórmula Truck e no Brasileiro de Turismo, onde fiz algumas etapas, e agora disputar a Stock Car, que é uma categoria que abraçou muitos pilotos da minha geração, muito bons e competentes, vejo como uma grande oportunidade. Apesar, de eu estar nesse ano mais na Inglaterra, onde trabalho como coach, fico muito feliz de voltar ao Brasil na maior categoria do automobilismo do país. Fazendo o melhor que eu puder. Ter andando no Brasileiro de Turismo ajudará muito, pois é próxima da Stock Car e me fez ficar mais perto da categoria. Espero que seja um grande final de semana", destacou Dirani. 

As atividades de pista terão início na sexta-feira, com o shakedown às 9h, com duração de 10 minutos, logo depois com um treino de desenvolvimento de 40 minutos, o primeiro treino oficial acontece das 11h35 às 13h40, com os pilotos divididos em dois grupos. No sábado, a programação inicia com o segundo treino livre às 08h55 e a classificação que define o grid de largada da primeira corrida ao meio dia, com transmissão ao vivo do Sportv. No domingo, a primeira bateria está marcada para as 12h20, com 45 minutos de prova, e a segunda, mais curta de 30 minutos, às 14h, também ao vivo pelo Sportv.
By Danilo Dirani 17 Mar, 2016

47 vezes campeã mundial, a fabricante italiana de motores Iame garantiu nova e importante vitória na categoria mais rápida do kartismo brasileiro, a Shifter, que teve no último sábado (12) a disputa da 2ª etapa da Copa São Paulo. A competição foi realizada no Kartódromo Granja Viana, em Cotia, na Grande São Paulo, e reuniu 25 pilotos nesta classe.

A nova vitória dos motores Iame chegou com Danilo Dirani, que largou em 3º após uma tomada de tempos extremamente disputada, em que foi apenas 24 milésimos de segundo mais lento que o tempo estabelecido pelo pole position (40.631). Foia a primeira vitória do piloto com o chassi TechSpeed.

O tempo em São Paulo estava bastante chuvoso durante a semana, mas a prova foi disputada com pista seca, o que dificultou bastante o trabalho do piloto paulista, dono de um currículo recheado de vitórias e títulos.  “Não tivemos muito tempo para treinar no seco e isso atrapalhou um pouco o trabalho de acerto do equipamento. Foi apenas minha segunda prova com a Techspeed, minha nova marca de chassi”,  disse Danilo Dirani.  “Mas deu tudo certo e consegui vencer minha primeira no ano!”,  emendou.

Danilo Dirani, com o motor Iame Shifter e chassis TechSpeed, venceram a etapa com uma vantagem de 3,933 segundos sobre o segundo colocado.


Foto: Bruno Gorski

By Danilo Dirani 17 Mar, 2016

Que sufoco! Última volta, você olha no retrovisor e enxerga um colorido de cinco carros se mexendo de um lado para o outro para tomar sua posição. Foi exatamente essa a encrenca que Danilo Dirani teve de enfrentar na parte final da corrida de duplas, que abriu a temporada da Stock Car no último dia 6 em Curitiba. Dirani aguentou a pressão e cruzou a linha de chegada em quarto lugar, garantido quatro preciosos pontos para Daniel Serra no campeonato.

Os pilotos titulares tiveram a responsabilidade de largar. Serrinha fez boa corrida desde o começo, mantendo um pezinho na briga pelos poucos pontos distribuídos na etapa (só os seis primeiros pontuaram). Ele parou para a troca de pilotos na 23ª volta (de 46 completadas), junto com os líderes. Aí, Dirani assumiu o volante e imprimiu um ritmo forte até o final.

“A gente sai de Curitiba cumprindo um objetivo, que era pontuar. Não foi fácil, mas o Danilo [Dirani] foi muito bem no final. Ele fez uma corrida muito consistente e sem erros, isso ajudou muito. Agora, vamos para o Velopark carregando esses pontos e começando a pensar no campeonato”, afirmou Daniel Serra, que se despede do autódromo da capital paranaense ostentando a marca de maior vencedor da pista entre os pilotos em atividade na Stock Car, feito dividido com Ricardo Maurício (quatro vitórias).

“Eu sabia que a responsabilidade era grande, mas terminar essa corrida com cinco carros atrás de mim, tentando roubar esses pontos, foi demais! Me diverti bastante e estou feliz mesmo de ter ajudado o Serrinha. Foi a minha estreia na Stock Car e esse é um fim de semana que eu vou guardar com muito carinho”, destacou Dirani.


Foto: Bruno Terena

By Danilo Dirani 17 Mar, 2016

Um dos   pilotos   de maior expressão no kartismo e automobilismo brasileiro, Danilo Dirani a partir de agora é piloto oficial da fabricante Techspeed. O piloto paulista, de larga história e dono de inúmeros títulos, fará sua estreia nesta semana, na Granja Viana, a bordo de um Shifter TECH.

"Estou muito feliz e empolgado com a   oportunidade   de correr pela Techspeed. É uma marca que se destaca no meio do kart há alguns anos e, agora, surgiu esta chance. Agradeço a oportunidade e a confiança que depositam no meu trabalho. Tenho certeza que será uma parceria de sucesso”,   afirma Danilo.

"Estamos iniciando uma relação profissional e de   apoio   ao piloto Danilo Dirani. Este namoro vem de longe. Além de piloto excepcional, ele é um educador do esporte. Trabalha como coach de jovens pilotos há anos e transmite a eles tudo que sabe sobre a competição de kart e de carros. Isto para a TECHSPEED tem um valor imenso. Um dos traços competitivos da nossa empresa é o de estarmos cercados de gente competente, dentro da fábrica e dentro da pista”,   completa Rogério Naspolini, diretor da   empresa   líder de mercado no Brasil.   “Seja muito bem vindo, Danilo”,   completa.

By Gmax MKT 1 22 Oct, 2015

Campeonato Brasileiro de Turismo terá, neste fim de semana, a metade da temporada.

Em uma temporada em que tudo é novidade, desde o ajuste do carro, as pistas, os concorrentes e, até mesmo o piloto, o Projeto Bravar Motorsport chega neste fim de semana à metade de seu ano de estreia no automobilismo.

Na pista do autódromo de Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, os 20 carros que compõe o grid do Campeonato Brasileiro de Turismo terão a quarta rodada dupla da temporada. Sob o comando do experiente piloto Danilo Dirani a equipe pretende voltar a vencer assim como aconteceu na primeira rodada do ano, em Goiânia.

Passadas das provas de Goiânia, do Velopark e de Curitiba, no mês passado, Danilo hoje ocupa a terceira posição do Campeonato, a 12 pontos da vice-liderança. Para subir na classificação e voltar para a disputa direta pelo título da temporada o piloto paulista está otimista e acredita em grande evolução.

“Chegamos à metade da temporada e, de maneira até surpreendente, mesmo em nosso ano de estreia conseguimos estar na disputa pelas primeiras posições do Campeonato. Conseguimos desenvolver um carro rápido e, somado à experiência de todos de nosso time, temos dado passos muito importantes. Não posso dizer que existe uma estratégia exata para chegar novamente à disputa direta pela liderança, mas, com determinação e trabalho estou certo que subiremos os degraus para terminar o ano na ponta da classificação. Confio muito no trabalho do Duda Pamplona, do Onassis e juntos vamos conquistar nossos objetivos”, comentou o piloto.

A pista de Santa Cruz não é novidade para Dirani. O piloto do carro #28 já competiu por lá na Fórmula Truck e, naquela ocasião, terminou a corrida no pódio, ao cruzar a linha de chegada na segunda posição. Com pouco mais de três mil metros de extensão o traçado gaúcho é bastante seletivo. Trechos de grande velocidade como a reta dos boxes e o “S” de alta são permeados por curvas fechadas, muito técnicas, além de subidas e descidas. A pista é bastante completa e oferece para as equipes várias possibilidades diferentes para os ajustes dos carros.

Confira abaixo a programação completa para o final de semana:

Sexta-feira (26/junho)
10:05 – 11:05 – Treino Livre 1
13:45 – 14:25 – Treino Livre 2

Sábado (27/junho)
09:55 – 10:15 – Tomada de Tempos
15:55 – 16:30 – Corrida 1 (VT Sportv)

Domingo (28/junho)
09:35 – 10:05 – Corrida 2 (VT Sportv)


By Gmax MKT 1 22 Oct, 2015

Na próxima semana vai ser lançada, em São Paulo, em ação inédita no automobilismo brasileiro – o projeto Bravar Motorposrt. A iniciativa irá formar uma verdadeira engrenagem com objetivo de preparar pilotos para as categorias Top do esporte no país.

O Projeto Bravar Motorsport fará um planejamento de carreira para pilotos, oferecendo aos atletas uma estrutura completa nas pistas e fora delas também. Pegando os pilotos da base do kart e levando-os até a categoria principal do país, a Stock Car!

Fomentado por um grupo de empresários o Bravar Motorsport tem à frente o carioca Onassis de Souza. Empresário do automobilismo de competição há muitos anos, Onassis sempre se preocupou com a formação de novos pilotos para esporte. Já teve escola de pilotagem de kart no Rio de Janeiro, em parceria com Cacá Bueno, e atualmente é proprietário da fábrica de chassis Birel Sudam, da equipe ONS Motorsport e da marca Bravar Motorsport. Apaixonado pelo automobilismo de competição, Onassis vislumbrou com o projeto a possibilidade de profissionalizar pilotos no Brasil, oferecendo um caminho natural para as crianças que começam cedo no esporte. Este jovens poderão no projeto desenvolverem seus talentos através das várias categorias do kart e em seguida, direcionar suas carreiras para as competições de automobilismo, com participação em uma escola de pilotagem de carro, em seguida as disputas no Campeonato Brasileiro de Turismo e, finalmente, o seu ingresso na Stock Car.

O ambicioso Projeto terá como bases de sustentação uma fábrica própria de karts, uma escola de pilotagem de kart, equipes de karts, uma escola de pilotagem de carros de turismo e fórmula, uma equipe do Brasileiro de Turismo e num segundo momento, uma equipe própria da Stock Car.

“Tenho visto a minha vida inteira a maioria dos pilotos começarem no kart completamente sem orientação, sem um planejamento da carreira. Isso acaba os deixando desestimulados e os leva a abandonar o esporte. Em outros casos, os pilotos conseguem seguir rumo às categorias de monopostos, como nesta situação o caminho natural é a Europa, a maioria absoluta disputava um ou dois anos em categorias de média expressão e voltavam frustrados por não conseguirem a verba necessária para as disputas de uma GP2 ou World Series. Infelizmente essas carreiras acabavam neste ponto. Em contrapartida, vejo o automobilismo Brasileiro vivendo um momento de crescimento. A Stock Car tem tido eventos muito bem organizados, com vários ex-pilotos de F1 e, mais recentemente, tem recebido jovens pilotos. Neste novo momento os jovens já estão encaminhando suas carreiras para se profissionalizarem em nosso automobilismo. Podemos dizer que este fenômeno já foi visto na Argentina há vários anos. Sinceramente acredito que as modalidades de Turismo são uma tendência muito forte ao nosso esporte aqui no Brasil e no mundo”, comento Onassis.

Diante de sua explanação, ele continuou explicando o projeto. “Nossa porta de entrada será a Escola de Pilotagem, que logicamente receberá pilotos que serão avaliados quanto à sua aptidão. Essa parte será coordenada pelo piloto Allan Synthes, campeão em várias categorias do kart. Quem se destacar será direcionado para algumas equipes que já são parceiras do projeto (ONS, Quake2, TR3, MZ Racing e Nelsinho Competições). Com orientação permanente, os pilotos farão o seu curso natural no kartismo e ao completarem 15 anos, serão apresentados à nossa Escola de Automobilismo. Da mesma forma em que aconteceu no kart, os pilotos receberão toda a orientação e então seguirão para as equipes do Brasileiro de Turismo. Esta parte do Projeto terá os irmãos Danilo e Dennis Dirani (Shell) orientando os pilotos e coordenando os trabalhos. Nesta categoria, além da Bravar Motorsport, a equipe W2 receberá os pilotos vindos de nosso Projeto. Alcançando o nível esperado no Brasileiro de Turismo, iremos direcionar os pilotos para a Stock Car. Nessa categoria fechamos uma parceria com a equipe PRO GP, e assim fecharemos o círculo para o projeto no Brasil! Também temos como objetivo desenvolvermos os pilotos que queiram seguir carreira nos monopostos, desde que para isso tenham garantido um orçamento que suporte o grande investimento para todas etapas. Esta é apenas a luz verde de nosso Projeto e esperamos fecharmos, em breve, novas parcerias que venham somar ainda mais”, finalizou o empresário.

By Gmax MKT 1 22 Oct, 2015

Danilo Dirani fez fantástica corrida de recuperação e, após cair para a última posição, conseguiu terminar a primeira corrida no pódio

Neste domingo o Autódromo Internacional de Curitiba, no Paraná, recebeu as atividades que encerraram a terceira rodada do ano do Campeonato Brasileiro de Turismo. A competição teve início ainda na sexta-feira, com os treinos livres e se estendeu por este sábado e domingo. Competindo pela equipe Bravar Motorsport o paulista Danilo Dirani conseguiu um excelente resultado na primeira corrida ao receber a bandeirada de chegada na terceira posição.

Após um resultado abixo do esperado no Velopark, na última rodada, a equipe Bravar Motorsport trabalhou bastante no acerto do carro, bem como revisou toda a parte de motorização e câmbio para que nada pudesse dar errado nesta terceira rodada da temporada 2015. Porém, na primeira sessão livre, o carro #28 apresentou um sério problema de rendimento e, nem com todo o seu esforço, Danilo conseguiu extrair mais que um 16º tempo com a marca de 1m27s963 o que representava uma perda de tempo em relação ao mais veloz de quase dois segundos e meio. Focado no trabalho e no desenvolvimento o time ajustou o problemas que estavam impedindo Dirani de andar melhor e, no segundo treino, as mudanças surtiram o efeito esperado e com o tempo de 1m25s556 ele estabeleceu o terceiro melhor tempo da sessão.

Animado o piloto chegou ao autódromo na manhã de sábado para a tomada de tempos. Já na primeira volta o piloto de São Paulo notou que tinha um bom carro nas mãos e, com muita concentração, baixou ainda mais o seu tempo anterior. Danilo estabeleceu sua melhor volta com o tempo de 1m25s286 o que lhe rendeu o quarto lugar do grid e a chance de partir da segunda fila.

A primeira corrida foi realizada horas depois. Danilo fez uma boa largada e já se posicionava na terceira posição quando, uma forte batida na freada da curva um, tirou seu carro da pista e fez com que ele caísse para o último lugar. Com sua calma e determinação de sempre Dirani deu início à sua recuperação. Com seguidas voltas muito rápidas o piloto escalou o pelotão e parcia ignorar a presença dos demais concorrentes. O carro era muito veloz e, com toda a sua técnica, o piloto ganhou 17 posições na prova e, ao final das 24 voltas, recebeu a bandeirada na terceira posição, logo atrás de seu irmão Dennis.

O carro da Bravar Motorsport foi alinhado no grid da corrida deste domingo e, todos, tinham a certeza de que o equipamento estava pronto para levar Danilo à sua segunda vitória do ano. A largada foi autorizada ainda antes das nove horas e o carro #28 teve uma boa partida, mantendo-se no primeiro pelotão. Danilo se posicionou de forma à buscar seus adversários e já se preparava para dar início à caçada pela vitória, quando, seu carro começou a perder rendimento. Sem entender o que estava acontecendo o piloto foi sendo ultrapassado por todos os concorrentes e, com problemas mecânicos, abandonou a corrida.

“Tivemos um fim de semana de alto e baixos. Começamos com um problema no primeiro treino que conseguimos resolver para o segundo. O carro era rápido e tinha um bom acerto de chão e, assim, o Danilo conseguiu ficar em P3 no segundo treino e P4, na tomada. Na primeira corrida, infelizmente, o toque nos tirou a chance de lutar vitória. Dirani fez uma prova brilhante, mostrou o quanto o carro estava confiável, e ter chegado ao pódio foi um prêmio pela sua garra e todo o trabalho da equipe. Hoje, na corrida desta manhã, nosso carro seguia bom e o Danilo tinha tudo para ganhar a corrida. Infelizmente a correia do alternador se rompeu e, com isso, fomos obrigados a abandonar a corrida. Faz parte do esporte! Vamos com determinação para a próxima”, comentou Onassis de Souza, diretor da equipe.

Acompanhe as atividades da Bravar Motorsport pela internet. Acesse sua fan-page, no Facebook e curta as atividades da equipe – www.facebook.com/bravar-motorsport .

Share by: